Brasil A� centro de excelA?ncia na pesquisa da matemA?tica avanA�ada

2 de setembro de 2014

Com a confirmaA�A?o de sediar a OlimpA�ada Internacional de MatemA?tica (IMO) em 2017 e o Congresso Internacional de MatemA?ticos (ICM) em 2018, o Brasil jA? A� considerado um centro de excelA?ncia na pesquisa matemA?tica mundial.

Para o diretor-geral do Instituto Nacional de MatemA?tica Pura e Aplicada (Impa), CA�sar Camacho, a escolha do paA�s para sediar esses eventos, assim como a medalha Fields concedida a Artur A?vila este mA?s, no ICM em Seul, sA?o um reconhecimento da importA?ncia que o Brasil alcanA�ou como produtor de matemA?tica.

a�?Esse prA?mio A� coerente com a maturidade que adquiriu a matemA?tica brasileira, em particular aqui no Impa. Junto com o Artur A?vila estavam participando (no ICM em Seul) como conferencistas convidados quatro matemA?ticos brasileiros, os quatro do Impa. Um convite para fazer uma palestra num congresso desses A� uma distinA�A?o muito grande e nunca aconteceu antes, A� a primeira vez. A� uma distinA�A?o tambA�m que dA? uma ideia do desempenho que a instituiA�A?o tem alcanA�ado.a�?

Brasil A� referA?ncia na AmA�rica Latina

De acordo com Camacho, na classificaA�A?o da UniA?o MatemA?tica Internacional (IMU), o Brasil A� considerado nota 4, numa escala que vai atA� 5 e analisa o nA?mero de pesquisadores e as contribuiA�A�es do paA�s para a ciA?ncia. Na AmA�rica Latina, o Brasil A� o mais bem colocado a�� os demais paA�ses recebem, no mA?ximo, nota 2. PaA�ses como os Estados Unidos, a Alemanha, a Inglaterra e a FranA�a tA?m nota 5.

Outro projeto que estA? sendo desenvolvido pelo Impa, a pedido do ServiA�o Social da IndA?stria (Sesi), A� o Museu da MatemA?tica, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, com previsA?o de ser inaugurado em 2016. O espaA�o contarA? com uma exposiA�A?o permanente e um local para exposiA�A�es temporA?rias.

a�?O papel viagra en ligne canada. do Impa tem sido convidar matemA?ticos do Brasil inteiro que tenham uma afinidade com esse tipo de questA?o, que trabalhem objetos que possam ser expostos. Essa exposiA�A?o tem que ser algo que se aproxime do cidadA?o, do estudante, da dona de casa, uma coisa interessante, imediata, e que as aplicaA�A�es [da matemA?tica] fiquem evidentes. Isso nA?o A� qualquer matemA?tico que faza�?, destaca Camacho.

InstituiA�A?o realiza pesquisa hA? 62 anos

InstituiA�A?o com 62 anos, o Impa se dedica A� pesquisa da matemA?tica no seu nA�vel mais elevado e A� formaA�A?o de pesquisadores, com os programas de pA?s-graduaA�A?o. O diretor explica que a matemA?tica pode ser divida em duas grandes A?reas: pura e aplicada. A primeira se dedica ao desenvolvimento da ciA?ncia matemA?tica em si.

a�?Quando se fala em matemA?tica pura, da profissA?o do matemA?tico, ele nA?o estA? preocupado com as aplicaA�A�es da matemA?tica. A matemA?tica A� um ser que tem uma vida prA?pria, que vai se desenvolvendo com os processos lA?gicos, mentais, a partir da situaA�A?o atual do que se conhece de matemA?tica, obtendo novos resultados sobre a prA?pria matemA?tica. Hoje em dia ela evolui num grau de especializaA�A?o extraordinA?ria, sA?o mais de 60 especialidades em matemA?ticaa�?.

JA? a segunda se dedica a aplicar os conhecimentos matemA?ticos para a resoluA�A?o de questA�es. Como exemplo, Camacho cita os estudos sobre as secA�A�es do cone iniciados pelos gregos 400 anos antes de Cristo, que sA? foram ter utilidade 2 mil anos depois. a�?No sA�culo 17, Keppler estudando o movimento planetA?rio, descobre que o movimento dos planetas sA?o elipses, entA?o ele tinha A� disposiA�A?o toda a matemA?tica grega para estudar o movimento dos planetas. No mesmo sA�culo de Keppler, Galileu descobre que o movimento que um projA�til faz quando A� disparado A� uma parA?bola. EntA?o toda a matemA?tica jA? preparada se ajusta para issoa�?.

CA�sar Camacho - TA?nia RA?go/AgA?ncia Brasil

Ele cita tambA�m a questA?o do sigilo bancA?rio, desenvolvido a partir dos nA?meros primos, a teoria de controle em matemA?tica, que serve para desenhar programas de piloto automA?tico nos aviA�es modernos, e a interpretaA�A?o de fotografias de satA�lites, feita por anA?lise matemA?tica de computaA�A?o grA?fica, entre outros tantos exemplos. a�?VocA? pode se deparar no dia a dia com a matemA?tica por todos os ladosa�?, lembra o professor.

OlimpA�ada Brasileira de MatemA?tica

AlA�m da pesquisa e pA?s-graduaA�A?o, o Impa tambA�m participa da organizaA�A?o da OlimpA�ada Brasileira de MatemA?tica das Escolas PA?blicas (Obmep), da OlimpA�ada Brasileira de MatemA?tica (OBM) e oferece programas de capacitaA�A?o de professores do ensino mA�dio.

a�?A OBM A� mais atinga, A� para selecionar os estudantes que vA?o participar em competiA�A�es internacionais. Essa atividade sempre foi muito elitista e extremamente seleta. Sem dA?vida ela atende aos alunos melhor preparados e oferece um acesso mais rA?pido a um aprendizado em matemA?tica, atravA�s do Impa. Agora, um acesso mais suave e atrativo para os alunos que nA?o tem esse preparo mais avanA�ado A� oferecido pela Obmep, que tem uma participaA�A?o muito ampla e jA? estA? trazendo ao Impa alunos de doutoradoa�?.

O Impa conta atualmente com 50 pesquisadores, sendo 19 estrangeiros, e 153 alunos de mestrado e doutorado, 40% vindos de outros paA�ses. No pA?s-doutorado, sA?o 60 jovens pesquisadores, 60 estrangeiros. Em mA�dia sA?o formados por ano 14 doutores e 20 mestres. Desde a fundaA�A?o do instituto, foram formados 744 mestres e 401 doutores.

Fonte: AgA?ncia Brasil

Arquivos anexos para download: