DIVERSAS FORMAS DE FICAR NA HISTA�RIA

3 de outubro de 2011
Em "Artigos"

HA? algum tempo a FETEMS a�� FederaA�A?o dos Trabalhadores em EducaA�A?o do MS tem cobrado do atual governo do Estado a realizaA�A?o de concurso pA?blico where can i purchase nexium. de provas e tA�tulos, como estabelece a ConstituiA�A?o Federal em seu artigo 206, inciso VII, alterada pela Emenda Constitucional nA?53 de 2006.

Em seu primeiro mandato o atual governador nA?o realizou nenhum concurso pA?blico destinado aos trabalhadores em educaA�A?o e ainda para dar posse aos que a aguardavam foi necessA?rio que os que foram aprovados no A?ltimo concurso, realizado no A?ltimo mandato do governador antecessor, Zeca, acionassem a justiA�a e assim, tiveram seu direito garantido, por ordem judicial.

Quando o governador resolveu entender que o concurso A� necessA?rio, pois no Estado do MS existem aproximadamente 7.500 (sete mil e quinhentos) professores convocados, resolveu tambA�m ficar na histA?ria do MS como o governador que mais realizou concurso pA?blico para professores, pois declarou que atA� o final de seu mandato realizarA? quatro concursos.

Quem lA? detalhadamente o edital que foi publicado no do MS de 22/09/2011, entende um pouco mais Maquiavel. Para o Estado todo, foram abertas 545 (quinhentas e quarenta e cinco) vagas. Para o municA�pio de Ponta PorA?, somente 47 (quarenta e sete) vagas. Isso mesmo. VocA? nA?o leu errado. O SIMTED a�� Sindicato Municipal dos Trabalhadores em EducaA�A?o de Ponta PorA?, a partir do momento que a FederaA�A?o comeA�ou informar sobre os planos maquiavA�licos de quem estA? no poder comeA�ou a levantar as vagas de professores que estA?o em vaga pura *.

Quando os sindicatos de todo MS iniciaram esse trabalho a Secretaria de Estado de EducaA�A?o deu a ordem aos diretores escolares, que nA?o informassem tais vagas. Lamentavelmente, a maioria dos diretores obedeceram a ordem, esquecendo-se que a escola A� pA?blica e tais informaA�A�es, mais cedo ou tarde elas vA?m a pA?blico, pois as mesmas devem ser publicadas no DO para que as convocaA�A�es possam ser legais. A� claro que isso darA? mais trabalho aos a�?pesquisadoresa�? da informaA�A?o.

Ainda bem que nem todos foram obedientes. Em Ponta PorA?, com as informaA�A�es de quatro, das doze escolas estaduais no MunicA�pio, o SIMTED levantou 78 (setenta e oito) cargos de professores de dezoito aulas cada.

Outra caracterA�stica, A� que todas as provas serA?o realizadas em Campo Grande. InvenA�A?o do turismo de concurso. A capital receberA? milhares de candidatos, lucrarA? a rede hoteleira, o negA?cio da alimentaA�A?o e todos os setores envolvidos na recepA�A?o do a�?turistaa�? concorrente. A maioria dos candidatos a esse concurso jA? trabalham como professores convocados na rede estadual, recebem menos que sua formaA�A?o vale e nA?o recebem todos os meses do ano. Para eles esses gastos pesam muito mais.

HA? que se lembrar tambA�m, que as fotocA?pias de documentos devem ser autenticadas em cartA?rio. A� claro que, poucos serA?o os que farA?o investimentos nas fotocA?pias, pois serA?o tiradas cA?pias para a etapa da prova de tA�tulos, provavelmente os primeirA�ssimos colocados. A� provA?vel que o governo nA?o esteja lembrado que os servidores pA?blicos estaduais com cargo comissionado, vulgo, diretores e secretA?rios escolares sA?o autorizados a conferir com o original as cA?pias que a eles chegam. Nos concursos anteriores, haviam os que recebiam os documentos, conferiam com o original e faziam tal declaraA�A?o.

Outra estranheza dos trabalhadores, A� o fato de que pela primeira vez, nA?o vale ponto, o tempo que o professor(a) tem exercido o magistA�rio no Estado do Mato Grosso do Sul, seja como convocado ou como efetivo. Esse aspecto sempre demonstrou pelo ente responsA?vel pelo concurso, a valorizaA�A?o de quem jA? investiu de alguma forma no MS.

E o valor da inscriA�A?o. A inscriA�A?o para quem quer concorrer para qualquer vaga proposta agora A� de R$ 126,80, isso mesmo, cento vinte e seis reais e oitenta centavos.

O valor da mesma, A�deve ser para garantir algum grande investimento, num futuro muito prA?ximo. Porque ainda, segundo a palavra da autoridade mA?xima do Estado serA?o quatro concursos atA� o final de seu mandato. EstA? sendo divulgado agora concurso pA?blico para professor de Instituto Federal de Tecnologia e a taxa de inscriA�A?o A� de R$ 60,00.

Outra novidade que os 545 aprovados que tomarA?o posse, A� a apresentaA�A?o de exame toxicolA?gico para dosagem de canabinoides (maconha) e benzoleogonia (cocaA�na). Esse assunto tem sido discutido na sociedade e em diversos setores, considerando invasA?o de privacidade. A questA?o da dependA?ncia quA�mica hoje A� realmente uma questA?o de saA?de pA?blica, a qual deve ser prevenida. A� bom que alguA�m esteja preocupado a�?oficialmentea�? com essa prevenA�A?o, porA�m, A� necessA?rio que se observe as condiA�A�es que o trabalhador A� exposto, que provocam doenA�as graves, especialmente, mentais.

O elevado nA?mero de trabalhadores em educaA�A?o que hoje estA?o com depressA?o e outros problemas mentais pelas condiA�A�es de trabalho a que estA?o expostos, com superlotaA�A?o de salas, violA?ncia nas escolas, desrespeito explA�cito ao profissional da educaA�A?o, isto sem mencionar a luta pela ampliaA�A?o da hora atividade, jA? prevista na lei, porA�m nA?o aplicada pelo Estado, nem pelo MunicA�pio.

JA? em diversas ConferA?ncias, sejam elas municipais, estaduais ou nacional, os trabalhadores em educaA�A?o tem requerido a presenA�a de profissionais nas escolas, que do ponto de vista das autoridades, nA?o sA?o da A?rea educacional, razA?o da nA?o atenA�A?o A�s reivindicaA�A�es dos profissionais, me refiro aos psicA?logos e assistentes sociais.

Diferentemente do Estado, o MunicA�pio, em 2009 aplicou um concurso pA?blico, cujo prazo de dois anos se encerra no apagar das luzes, quando o pessoal da educaA�A?o entra em fA�rias. Esse concurso, entre outros cargos, em seu quadro de vagas, estabeleceu como nA?mero de vagas para professor de primeiro e segundo anos do ensino fundamental, 63 (sessenta e trA?s ) vagas, para as quais, foram empossados atA� esta data, quatro professores, restando cinquenta e nove professores para serem empossados atA� 23/12/2011.

Outro caso, A� o de professor para terceiro ao quinto anos, em cujo edital previu 54 vagas, e o nA?mero de professores que foram chamados para posse foi de dez atA� hoje, restam 44 aguardando para serem chamados.

Pelo visto tem gente que quer ficar na histA?ria como alguA�m que levanta vagas e depois descobre que elas nA?o existem, portanto nA?o dA? posse. E hA? aqueles que escondem as vagas existentes para passar A� histA?ria como quem fez a�?maisa�? concursos.

* Vaga pura A� quando um professor A� convocado para exercer o cargo, sem estar substituindo outro, A� vaga para concurso.

VitA?ria Elfrida Antunes

SecretA?ria Geral do SIMTED

Vice Presidente Regional da FETEMS